• 12h às 18h
  • Atendimento:
  • 28 3548-1101

IDEB: Irupi supera meta e impulsiona qualidade de ensino

11/09/2018 

(Educação)

IDEB: Irupi supera meta e impulsiona qualidade de ensino

Foco na qualidade de ensino e capacitação de professores são ações que contribuem para alcançar bons resultados na educação. O Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), divulgado na última semana, confirma o comprometimento do município de Irupi em investir em atividades que impulsionam a qualidade do ensino. O resultado apontou que no Ensino Fundamental (anos iniciais - 4º ao 5º ano) a nota conquistada chegou a 5,9 pontos na avaliação final. Este resultado superou a meta projetada para no ano de 2021 onde o índice projetado é 5.8 pontos. Do 5º ao 9º ano, a meta atingida chegou ao índice de 4,9 pontos.

A secretária de educação de Irupi, Fabricia Eler Ramos, analisou os resultados e afirmou que as notas são satisfatórias, mas que ainda é necessário muito trabalho para alavancar, ainda mais, bons resultados. “Investimento na capacitação de professores e uma grade curricular voltada para o dia a dia dos nossos estudantes buscando interação, desempenho e que estimule esses alunos na busca por mais conhecimento, são algumas das atuações feitas nos últimos anos pela Secretaria de Educação de Irupi . E os resultados positivos são frutos de uma equipe educacional que têm profissionais mais que especiais. São educadores empenhados em tornar estudantes em bons cidadãos”, declarou a secretária.

Na grade curricular das escolas de Irupi estão atividades como: Olimpíadas da Leitura, Programa Jovens Empreendedores, integração ao Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes), Top 10, projetos que diversificam e estimulam os alunos.

O Ideb é um indicador geral da educação nas redes privada e pública, funciona como uma espécie de nota. Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho em português e matemática aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio.
O índice é divulgado a cada dois anos e tem metas projetadas até 2021, quando a expectativa para os anos iniciais da rede estadual é de uma nota 6,0. Assim, para que o Ideb de uma escola ou rede cresça é preciso que o aluno aprenda, não repita o ano e frequente as aulas. O índice varia de 0 a 10: quanto maior for o desempenho dos alunos e o número de alunos promovidos, maior será o Ideb.